Lápis para desenho: quais os tipos? Como escolher a melhor marca?

O lápis para desenho é, associado ao papel, a principal ferramenta do desenhista. Se você desenha ou já pensou em desenhar sabe que o resultado da arte está ligado ao uso correto dos materiais.

Por outro lado, sempre bate aquela incerteza: qual o melhor lápis para fazer esboços, sombra, desenhos geométricos, contornos, rostos?

É bastante comum essa dúvida, pois temos várias opções de lápis para desenho no mercado e escolher o melhor deles pode ser uma tarefa árdua.

Então, se você quer conhecer mais sobre os lápis para desenho, você está no lugar certo, porque no fim deste artigo você vai entender cada tipo e como usá-los em seus desenhos!

Lápis grafite para desenho

Como já mencionado, existem vários lápis de desenho e é preciso compreendê-los para identificar que tipo você vai precisar.

De modo geral, podemos dizer que há 3 categorias de lápis grafite e entre elas, várias subcategorias:

  • Lápis duro (H): 8H, 7H, 6H, 5H, 4H, 3H, 2H, H
  • Dureza media: HB, F, B, 2B
  • Lápis macio (B): 3B, 4B, 5B, 6B, 7B, 8B, 9B

Mas o que significa essas letras “H”, “HB”, “F” e “B”? Vou explicar pra você:

  • B: vem do inglês blackness que significa escuridão. Os lápis deste grupo são de ponta macia e cor intensa.
  • HB:  lápis comum, possui dureza média e é utilizado principalmente para escrita e esboço.
  • H: vem do inglês hardness que significa dureza. Os lápis H tem a ponta dura e o risco é bem claro.

Já a numeração que acompanha a letra, define tanto o nível quanto a intensidade do lápis.

Por exemplo, quanto maior a numeração de lápis grafite B, mais macio e escuro ele é.  Já no grupo H acontece o oposto, quanto maior o número, mais duro e menos intenso é o lápis.

B: Lápis para desenho de sombras

Lapis para desenho de sombras

Os lápis B, ou blackness, são macios e escuros, de modo que o que irá contar na hora de definir onde utilizar esse lápis é a maciez e a intensidade do grafite.

Por exemplo, o mais comum é que o lápis B e 2B sejam utilizados para fazer esboços, enquanto o 3B e 4B são mais utilizados para definir meio tons e texturas e os 5B, 6B, 7B, 8B e 9B são utilizados para fazer o feito de sombra.

F: Lápis para desenho de detalhes

Quando falamos que era essencial saber que tipo de desenho você irá fazer para determinar qual tipo de lápis para desenho é o melhor, isso é realmente importante.

Veja bem, os lápis de categoria F (Fine), por terem a ponta fina, são mais indicados para desenhos geométricos e contornos, ou seja, não são recomendados para fazer sombras ou gerar texturas, pois você pode marcar o papel com facilidade.

H: Lápis para desenhar esboços

Os lápis H, como o próprio nome diz são mais duros, porém apresentam coloração mais clara, por isso tornam-se ótimas opções para quem quer desenhar esboços.

Mas também podem ser utilizados – e obter um ótimo efeito – em sombreados mais claros, tomando sempre o cuidado para não “arranhar” o papel.

Inclusive, essa categoria de lápis é a mais indicada para quem está começando a desenhar, pois, é mais prático para corrigir possíveis erros, já que podem ser facilmente apagados.

HB: Lápis de uso geral

Os lápis para desenho da categoria HB, ou blackness & hard, são os mais comuns e você pode encontrá-los em qualquer papelaria. A dureza e a tonalidade do grafite são medias, e com essa característica seu uso é bem amplo, e você pode precisar dele em praticamente qualquer etapa do desenho.

As melhores marcas de lápis para desenho

Lápis de desenho Staedtler

Já que você já sabe quais são as categorias de lápis para desenho e como utilizá-los de modo prático, resta falarmos sobre qual as melhores marcas de lápis para desenho, não é mesmo?

[elementor-template id="6463"]

Como existem várias marcas no mercado, inclusive algumas com um custo-benefício muito bom, é comum ficarmos em dúvida na hora de comprar, portanto, trouxe algumas opções.

Lápis macios (B)

Algumas das principais marcas que vendem lápis para desenho macios são:

  • Staedtler
  • Faber Castell
  • Caran d’Ache Grafwood
  • Tombo Mono 100

Uso muito o Staedtler e Faber Castell, pois eles atendem os critérios que gosto em um lápis macio, possuindo uma ótima pigmentação e maciez.

Além do mais, são os lápis para desenho mais acessíveis, pois você pode encontrá-los em qualquer lugar com preços razoáveis. 

Os lápis da Staedtler são mais escuros, isso significa que o grafite 6B da Faber vai ser muito parecido com um 4B da Staedtler.

A dica aqui é testar e descobrir qual você se adapta melhor.

Lápis duro (H)

Eu, particularmente, não sou um grande fã dos lápis desta categoria, só tenho um H que uso às vezes para esboço e tons claros.

Eles duram bastante, esse que tenho já tem mais de 5 anos, uso desde o tempo da escola!

Algumas das principais marcas que vendem lápis H são:

  • Faber Castell 
  • Staedtler
  • Lyra
  • Koh-I-Noor Hardmuth

Em relação a lápis duros, acontece o mesmo com os macios, Faber Castell e Staedtler são de ótima qualidade, além do mais apresentam o melhor custo-benefício do mercado, já que os das outras linhas são considerados caros pela maioria de nós.

Lapiseiras para desenho

Lapiseira de desenho Pente

Já no que se refere as lapiseiras, elas são ótimas para fazer pequenos detalhes, e uma de suas principais vantagens é não precisar fazer a ponta. 

Em alguns desenhos, é realmente necessário fazer traços finos que seriam muito difíceis com os lápis, então para garantir a precisão ao traçar é bom ter uma lapiseira em mãos.

As lapiseiras mais comuns são a 0.5 mm e a 0.7 mm, mas você também pode encontrar nos tamanhos 0.3 mm e 0.9 mm.

Uso apensa às duas abaixo, que geralmente, servem para:

  • Lapiseira 0.3 mm: traços mais finos e precisos
  • Lapiseira 0.7 mm: uso geral, como esboço e sombreamento.

Também é importante ficar atento sobre a mina de grafite na hora de comprar, a macieis e intensidade do preto seguem as mesmas regras do lápis.

Mina de grafite faber castell 0.5 mm

Lembrando que com a lapiseira você tem que ter muito mais delicadeza no traço para não marcar o papel.

O que acabei de dizer parece bobagem, mas estes pequenos detalhes que diferenciam um desenhista iniciante de um profissional.

Lápis de cor para desenho

Lapis de desenho colorido

O lápis de cor pode ser utilizado em praticamente todos os estilos de desenho, desde seu personagem de anime favorito, até rostos realistas.

Desenho feito com lápis para desenho Faber-Castell de 48 cores aquareláveis
Desenho feito com lápis Escolar Faber-Castell de 48 cores aquareláveis

Algumas marcas de lápis de cor tem um custo muito alto e nem todas as pessoas têm condições monetárias para investir neles, sem contar que se você for muito iniciante, nem vale a pena comprar materiais caros, pois isso dificilmente vai te fazer desenhar melhor.

Neste caso, você pode optar algum de marcas mais populares, tente encontrar um jogo com 48 cores, pois assim você terá mais variedade de cores e contrastes para seus desenhos.


Como utilizar o lápis de cor

Como usar lapis para desenho colorido

Sempre comece das cores mais escuras para as mais claras, sobrepondo camadas de modo a formar as texturas e os efeitos de luz e sombra.

PS: Essa é a forma que faço, e não é uma regra. Você pode inverter a ordem das cores caso se sinta mais confortável começando de tons claros.

Ao contrário do grafite, o lápis de cor não apaga tão fácil, e também você não consegue espalhar o pigmento com a facilidade de um esfuminho (exceto em tipos super macios, como o lápis pastel).

A dica aqui é ter sempre outro papel para testar a ponta, experimentar misturas de cores, e saber se uma cor que você quer usar é adequada para seu desenho.

A técnica para trabalhar com lápis de cor é simples, porém, como tudo no desenho, exige bastante dedicação e prática.

Pra que serve o lápis de cor branco?

O lápis branco seve simplesmente para finalizar a pintura de um local e tirar o “branco do papel” que fica quando utilizamos o lápis de cor, e deixar a colocação mais uniforme, principalmente ao fazer uma transição entre dois tons de cores.

Quanto tempo você demorou pra descobrir isso? Desenhei durante muitos anos, e só fui saber disso a pouco tempo atrás.

fonte: www.desenhoonline.com

Usar o lápis branco é bem simples, bastar passar ele, com um pouco de força, por cima do local que você já pintou e o efeito de polimento vai logo aparecer.

Você também pode aplicar essa técnica com outras cores claras. Em um rosto, por exemplo, ao invés do lápis de cor branco, você pode experimentar o Areia ou Pêssego para uniformizar um tom de Marrom.

Qual é a melhor marca de lápis de cor?

Caso você seja iniciante, a ideia é escolher algum de marcas mais populares que possam garantir ótimos resultados como aqueles da Faber Castell ou Maped.

O lápis de cor Maped, assim como os EcoLápis Faber-Castell são bons não só para o uso escolar, mas também para qualquer tipo de Desenho a Lápis colorido, até mesmo realismo.

Eu sempre desenhei com essas duas marcas e não tenho do que reclamar. Mas mesmo assim, abaixo listei as principais marcas de lápis de cor ordenadas por custo benefício.

  • Maped
  • Faber-Castell (os aquareláveis têm cores mais intensas)
  • Staedtler
  • Caran d’Ache
  • Koh-I-Noor
  • Prismacolor

Entretanto, caso você já desenhe super bem e pretende ingressar numa carreira profissional, você pode investir na marca Prismacolor (meu sonho de consumo), que é utilizada pela maioria dos desenhistas de nível internacional.


Dica bônus: Como apontar seus lápis

fonte: desenhosrealistas.com.br

Para artistas que trabalham com lápis, tê-los bem afiados é indispensável.

Apesar de o apontador ser um utensílio que estamos acostumados, deve-se tomar muito cuidado, pois se você utilizar um de baixa qualidade, vai com certeza detonar o seu lápis (como o último da foto acima).

Você deve encontrar um modelo de material resistente, lâmina bem afiada, depósito para facilitar que seu ambiente fique limpo, e se possível, um que tenha o encaixe mais profundo, de tal forma que a ponta do lápis fique maior ao apontar.

Mesmo com um bom apontador, vai ser preciso apontar o lápis com mais frequência, porque a ponta fica um pouco curta.

O lápis afiado com o estilete é o mais longo e isso faz com que a ponta demore mais pra ficar desgastada, mas, por outro lado, você tem que dedicar mais tempo e cuidado para apontá-los.

Um macete interessante é ter uma lixa de unha em mãos, assim fica mais fácil afiar a ponta do lápis várias vezes enquanto desenha, ao invés de apontá-lo outra vez.

#Resumo

Apesar de não serem produtos tão baratos como gostaríamos que fossem, o ideal para um desenhista é montar um kit bastante variado, para que tenha vários tipos de lápis para desenho e possa ter mais liberdade de escolha na hora de trabalhar.

Além do mais, você só vai encontrar a marca e o tipo de lápis com os quais mais gosta de trabalhar se testá-los. 

  • Lápis grafite Indico as marcas Faber-Castell e Steadtler, pessoalmente prefiro a Staedtler, são mais escuros e mais macios: um 6b da Faber corresponde ao 4b da Staedtler;
  • Lapiseira Serve para fazer traços mais finos e precisos;
  • Lápis de cor Ótimo para arte finalista e realismo (iniciantes), indico as marcas Maped ou Faber-Castell de pelo menos 48 cores.
  • Lápis de Cor Profissional – Nunca testei uma linha do tipo, mas a marca Prismacolor é muito recomendada por desenhistas que conheço. Já se você quer uma opção de entrada (semiprofissional) com bom custo benefício, recomendo a linha Supersoft da Faber-Castell, disponível em 12, 24 e 50 cores.

Principais categorias de lápis grafite:

  • H, F, HB, B – Usados para esboços;
  • 2B – Transições de luz e sombra;
  • 3B – Texturas da pele e tons médios;
  • 4B – Pelos, cabelos e sombras;
  • 5B e 6B Áreas de pouca luz;
  • Acima de 6BPreto absoluto.

Se você quiser saber mais sobre outros materiais, não deixe de conferir meu artigo onde falo sobre os materiais de desenho essenciais para montar o seu Kit.

[elementor-template id="6463"]
Imagem padrão
Jimmy Bastos
Sou desenhista desde 2012 e minha missão é te ajudar a aprender a desenhar e se tornar um mestre do desenho a lápis, mesmo que você seja iniciante, não tenha "dom", muito menos rios dinheiro pra investir em materiais e cursos caros.

Deixar uma resposta